Faixa Atual

Título

Artista


Partido Ecologista “Os Verdes” quer intervenção urgente nas Encostas de Santarém

Escrito por em 23 de Janeiro, 2024

Na sequência da derrocada que se verificou, na última sexta-feira, dia 19 de janeiro, junto à Estação de Comboios de Santarém e que arrastou vários metros de calçada portuguesa e obstruiu a linha do Norte, o Partido Ecologista “Os Verdes” pronunciou-se afirmando que pretende ver concretizada “as intervenções previstas para a consolidação das encostas”.

Para além da implementação de intervenções estruturais que consolidem a zona afetada, o PEV refere, em comunicado, que exige explicações por parte da Infraestruturas de Portugal e da Câmara Municipal de Santarém quanto ao sucedido, “nomeadamente quais as causas concretas que estiveram na origem deste desabamento de terras”.

Para os Verdes, a encosta do planalto de S. Bento, sobranceiro à estação ferroviária e à estrada da estação, “constitui uma das encostas mais instáveis de todo o planalto scalabitano, identificada há muitos anos como de intervenção prioritária, contando já há mais de dez anos com um projeto de execução de obras de consolidação.” O Partido acrescenta que “esta consolidação não se pode fazer sem atenção às linhas de água ali existentes e à dinâmica hídrica daquela encosta. Aquela área da encosta, em particular, já tinha sofrido anteriormente problemas como é visível pelas “feridas” na barreira que ameaçam uma bolsa de estacionamento e edifícios ali existentes com novas derrocadas”, afirma o Partido.

Para evitar novos desprendimentos, ameaçando pessoas e bens, os dirigentes do PEV pretendem, agora, saber qual o estado das condutas de águas pluviais existentes nesta encosta”.

IMG: Câmara Municipal de Santarém (Ilustrativa).