GNR detém homem de 44 anos por pesca ilegal de meixão

Escrito por em 12 de Março, 2024

IMG: Guarda Nacional Republicana.

O Comando Territorial de Santarém, através do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), apreendeu, no dia 10 de março, 2,214 quilos de meixão e deteve um homem de 44 anos por crime de dano contra a natureza, nomeadamente, pesca ilegal de meixão, no concelho de Cartaxo.

No âmbito de uma investigação por crime de dano contra a natureza, que decorria há cerca de um ano, os militares da Guarda detetaram o suspeito no leito do rio a efetuar a pesca ilegal do meixão. No seguimento da ação, foi possível constatar que o suspeito já tinha na sua posse espécimes em fase larvar da enguia (Anguilla anguilla), motivo pelo qual foi detido.

No decorrer das diligências policiais, as autoridades apreenderam, ainda, três redes de captura de meixão, uma embarcação e vários utensílios utilizados na captura do meixão.

O detido foi constituído arguido e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Benavente.

A ação contou com o reforço da estrutura de Investigação Criminal (SIIC) do Comando Territorial de Santarém e da Unidade de Controlo Costeiro e Fronteiras (UCCF) da GNR.


Faixa Atual

Título

Artista