2.ª campanha “Taxa Zero ao Volante” de 2024 registou 2.245 acidentes com 8 vítimas mortais

Escrito por em 9 de Fevereiro, 2024

IMG: Canva Pro (Ilustrativa).

A Campanha de Segurança Rodoviária “Taxa Zero ao Volante”, que é levada a cabo pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), Polícia de Segurança Pública (PSP) e Guarda Nacional Republicana (GNR), decorreu nos dias 01 a 07 de fevereiro, e teve como objetivo alertar os condutores dos veículos para os riscos da condução sob a influência do álcool.

Na campanha “Taxa zero ao volante”, foram sensibilizados 260 condutores e passageiros, a quem foram transmitidas mensagens de sensibilização.

Durante as operações das Forças de Segurança, no âmbito desta campanha, foram fiscalizados presencialmente 50.623 veículos, tendo sido registado um total de 8.269 infrações, das quais 521 relativas à condução sob o efeito do álcool.

No período desta campanha, registou-se um total de 2.245 acidentes, de que resultaram 8 vítimas mortais, 36 feridos graves e 735 feridos leves.

As 8 vítimas mortais, do género masculino, tinham idades compreendidas entre os 22 e os 83 anos.

Os 8 acidentes com vítimas mortais ocorreram nos distritos de Lisboa (2), Aveiro, Beja, Braga, Coimbra, Leiria e Setúbal, cada um com um acidente com vítimas mortais.

Estes acidentes, consistiram em 4 colisões que originaram 4 vítimas mortais e envolveram 5 veículos ligeiros, 2 motociclos e 1 velocípede com motor. Houve ainda 3 despistes que originaram 3 vítimas mortais e envolveram 2 veículos ligeiros e 1 motociclo, bem como 1 atropelamento em estrada nacional, envolvendo 1 veículo ligeiro, com 1 vítima mortal.

Os acidentes acima descritos ocorreram em 3 estradas nacionais, 2 arruamentos, 1 itinerário complementar e 2 outras vias.

Esta foi a segunda das 12 campanhas de sensibilização e de fiscalização planeadas no âmbito do PNF de 2024. Até ao final do ano, serão realizadas mais 10 campanhas, uma por mês, com ações de sensibilização e de fiscalização.

As campanhas inseridas nos planos nacionais de fiscalização são realizadas anualmente pela ANSR, a PSP e a GNR, desde 2020, com temáticas definidas com base nas recomendações europeias estabelecidas para cada um dos anos.

Das duas campanhas que decorreram este ano, foram realizadas 7 ações, durante as quais mais de 850 pessoas foram sensibilizadas presencialmente. Quanto a ações de fiscalização, o número de condutores fiscalizados presencialmente foi aproximadamente de 100,1 mil e cerca de 5,1 milhões de veículos foram fiscalizados através de radares.


Faixa Atual

Título

Artista