Unidade de Dor da ULS Lezíria inicia programa para melhorar a qualidade de vida dos doentes com fibromialgia

Escrito por em 28 de Fevereiro, 2024

IMG: Unidade Local de Saúde da Lezíria.

A Unidade de Dor da Unidade Local de Saúde da Lezíria deu início, no passado dia 23 de fevereiro, ao Programa Multimodal para Melhoria da Qualidade de Vida dos doentes com fibromialgia, que abrange nesta primeira edição, um total de oito doentes.

De acordo com Sónia Menezes, coordenadora da Unidade de Dor, o objetivo deste programa “é fornecer informação sobre a doença e estratégias para melhoria da qualidade de vida dos doentes com fibromialgia, através de uma abordagem multidisciplinar integrada”.

Segundo a especialista, “a fibromialgia é uma condição clínica de etiologia multifatorial pelo que o tratamento deve ser multidisciplinar e contar com a participação ativa do doente”.

O programa agora iniciado é trimestral, realizado uma vez por semana e contempla um conjunto de doze sessões. É constituído por sessões teóricas de educação para a saúde, sessões de mindfulness, bem como sessões práticas de reabilitação psicológica, emocional e física.

O primeiro momento incluiu uma breve apresentação do programa, a cargo da coordenadora da Unidade de Dor, e uma sessão teórica subordinada ao tema “Dor Crónica e Fibromialgia”, da responsabilidade também de Sónia Menezes, e contou com a presença de Rita Paulos, diretora clínica para a área dos Cuidados Hospitalares da ULS Lezíria, e de João Formiga, enfermeiro diretor, que sublinharam a importância deste Programa.

A Unidade de Dor Crónica da ULS Lezíria tem como missão principal a melhoria da capacidade funcional e da qualidade de vida dos doentes com dor crónica, visando o controlo da dor e a promoção da autonomia dos doentes.


Faixa Atual

Título

Artista