Faixa Atual

Título

Artista


Início do mês de julho traz consigo entrada em funcionamento de novos radares de controlo de velocidade

Escrito por em 26 de Junho, 2024

Foto: Carglass (Ilustrativa).

A partir do dia 6 de julho, dia em que se assinala o 8.º aniversário de entrada em funcionamento do Sistema Nacional de Controlo de Velocidade (SINCRO), vão entrar em funcionamento, para além dos 98 que já existem, mais 25 radares de velocidade. De acordo com a Autoridade Nacional para a Segurança Rodoviária (ANSR), destes 25 novos equipamentos, 14 são de controlo de velocidade instantânea e 11 de velocidade média.

Estes novos radares vão ser instalados em diferentes e estratégicos locais de Norte a Sul do país como é o caso do IC2 (Oliveira de Azeméis); A29 (Santa Maria da Feira e Vila Nova de Gaia); IC1 (Santana da Serra); IP3 (Coimbra); EN18 (Évora); EN125 (Albufeira); EN6-7 (Carcavelos e Parede); IC17 (Loures); A43 (Campanhã) e IC1 (Poceirão e Marateca).

IMG 1: Listagem completa dos radares que entram em funcionamento a 6 de julho. Cortesia: ANSR.O critério que fundamenta, sobretudo, a localização destes novos radares é o excesso de velocidade registado, de acordo com a ANSR. Só nos últimos cincos anos, 115 pessoas faleceram nestes locais.

Recorde-se de que, em setembro último, foram instalados 37 radares que contribuíram, segundo a Autoridade, para uma redução significativa da sinistralidade nos locais onde foram colocados, registando-se três vítimas mortais, um número inferior à média dos últimos 5 anos. No sistema SINCRO, que está em funcionamento há oito anos, verifica-se uma redução de 36% dos acidentes com vítimas, 74% nas vítimas mortais, 44% nos feridos graves e 36% nos feridos leves.