Governo reúne-se com professores na próxima semana

Escrito por em 12 de Abril, 2024

IMG: Pixabay (Ilustrativa).

O Ministro da Educação, Ciência e Inovação, Fernando Alexandre, anunciou, no debate parlamentar sobre o Programa do Governo, que na próxima semana terão início as negociações com os professores para a recuperação do tempo de serviço. O titular da pasta da Educação afirmou que “a instabilidade que se tem vivido nas escolas tem de ser ultrapassada rapidamente. É urgente encontrar uma resposta para as justas reivindicações dos professores”.

Na intervenção na Assembleia da República, Fernando Alexandre apontou falhas ao anterior Executivo ao afirmar que a “falta de soluções reformistas dos últimos anos, num contexto de previsível envelhecimento do corpo docente e escassez de professores, prejudicou o funcionamento das escolas e as aprendizagens dos alunos”. O Ministro da Educação informou que, em meados de março, “32.977 alunos tinham pelo menos uma disciplina sem professor”, uma situação que, de acordo com o próprio, “não é aceitável”.

As competências digitais são hoje determinantes e este é também um eixo de ação para os próximos anos, disse ainda o ministro, que defendeu também que “realizar as provas digitais nas condições atualmente existentes em muitas escolas seria uma irresponsabilidade e mais um passo para agravar as já muito elevadas desigualdades”.

Recorde-se de que, a título excecional, o executivo liderado por Luís Montenegro decidiu que as provas finais de 9.º ano serão realizadas em formato de papel depois de terem sido identificadas falhas na disponibilização de equipamentos informáticos pelos alunos, na sua manutenção e na conectividade das escolas.


Faixa Atual

Título

Artista