Excluviso RM: Utente que se dirigiu ao Centro de Saúde de Coruche foi transferido para as urgências de Évora (c/ som)

Escrito por em 31 de Outubro, 2023

A história de um utente, do concelho de Coruche, que se dirigiu, na sexta-feira, dia 27, ao Hospital Distrital de Santarém (HDS), onde fez exames e foi medicado para uma infeção testicular, terminaria bem se o utente não tivesse piorado e tivesse de voltar a recorrer aos serviços do Serviço Nacional de Saúde. Ao não apresentar melhoras, José Pincel, foi levado pelo amigo Carlos Gafaniz, pelas 16h00 do dia de ontem, 30 de outubro, ao Centro de Saúde de Coruche onde esteve até às 19h00 à espera do transporte de uma ambulância.

Nas redes sociais, Carlos Gafaniz demonstra a indignação perante a quantidade de horas que o amigo esperou para ter uma ambulância disponível e acrescentou que depois do Hospital Distrital de Santarém, de Abrantes e de Torres Novas não terem disponibilidade para receber o doente o mesmo foi transportado para o Hospital do Espírito Santo, em Évora, a 80 quilómetros de Coruche. Em cima da mesa, afirma, esteve ainda a possibilidade do doente ser transportado para Castelo Branco.

Carlos Gafaniz afirma, nas redes sociais que “era muito louvável que os responsáveis políticos dos 3 órgãos autárquicos do concelho com maioria absoluta (…) tivessem a decência humana de fazer valer os gritos de indignação dos Coruchense junto do governo central e ao senhor ministro da saúde.”
Recorde-se de que, tal como a MarinhaisFM já lhe noticiou, o Centro de Saúde de Coruche está a funcionar sob o modelo de Serviço de Atendimento Complementar (SAC). Com esta alteração, o serviço que, antes, funcionava 24 horas por dia passou a encerrar às 20h00, obrigando os utentes a percorrer dezenas de quilómetros até ao Hospital Distrital de Santarém ou ao Hospital de Vila Franca de Xira.
Escute, aqui, as declarações de Carlos Gafaniz:
IMG: Reprodução Facebook – Carlos Gafaniz.

Faixa Atual

Título

Artista