Depois de três chumbos, Tribunal Constitucional admite inscrição do Partido “Nova Direita”

Escrito por em 10 de Janeiro, 2024

Depois de ver o seu pedido de inscrição recusado por três vezes e depois de entregue o projeto de estatutos e a declaração de princípios, os juízes do Tribunal Constitucional não tiveram dúvidas, em aceitar, esta terça-feira, dia 9 de janeiro, o Partido “Nova Direita”.

O partido, liderado por Ossanda Liber, vai, assim, concorrer às eleições legislativas do próximo dia 10 de março. Liber será cabeça de lista pelo círculo eleitoral de Lisboa ao passo que o antigo militante do CDS, Paulo Freitas do Amaral, será o número dois.

IMG: Reprodução Facebook Ossanda Liber.


Faixa Atual

Título

Artista