Coruche assinala Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância

Escrito por em 9 de Abril, 2024

IMG: Pixabay (Ilustrativa).

Ao longo do mês de abril, no concelho de Coruche, vão ser dinamizadas atividades de sensibilização da comunidade para o impacto dos maus-tratos na infância, nomeadamente na Escola Básica Dr. Armando Lizardo, em articulação com elementos da Guarda Nacional Republicana (GNR).

Da programação conta, também, no dia 12 de abril, pelas 21h00, no Auditório do Pavilhão Municipal, a exibição do filme “Shoplifters” e, a 17 de abril, o Auditório do Museu Municipal recebe, pelas 14h30, o encontro “Maus tratos: intervenções da primeira linha”. Por fim, a 30 de abril diversos núcleos escolares reúnem-se às 11 horas na Praça d’Água e no Estádio Professor José Peseiro para concretizarem a iniciativa de formação do laço azul humano com crianças e jovens do Concelho.

Recorde-se que, em 1989, a norte-americana Bonnie Finney amarrou uma fita azul à antena do carro em homenagem ao seu neto, vítima mortal de maus tratos. Com o gesto quis “fazer com que as pessoas se questionassem”. A cor azul foi a escolhida por simbolizar a cor das lesões. Assim, as fitas azuis exaltam, durante o mês de abril, a memória dolorosa daqueles que morreram ou são vítimas de abuso infantil e são também uma forma de apoiar as famílias e fortalecer as comunidades nos esforços necessários para prevenir o abuso infantil e a negligência. A repercussão da iniciativa de Bonnie foi tal que abril se tornou o Mês Internacional da Prevenção dos Maus Tratos na Infância, procurando agitar consciências e contribuir para a implementação de políticas de prevenção.

Faixa Atual

Título

Artista