“Amigos do alheio” assaltam e lesam em 2.000 euros Associação de Samora Correia (c/ som)

Escrito por em 9 de Janeiro, 2024

Os “amigos do alheio” assaltaram o pavilhão-sede da Associação Recreativa e Cultural Amigos de Samora (ARCAS), tendo levado todas as bebidas espirituosas que a Associação tinha armazenadas já a pensar na próxima iniciativa: o Carnaval samorense. Em entrevista à MarinhaisFM, o Presidente da ARCAS, Rúben Vicente, estima prejuízos que estão entre os 1.500 e os 2.000 euros.

Nas declarações prestadas ao início da tarde desta terça-feira, dia 9, à Rádio Marinhais, Rúben Vicente explicou que os “larápios” terão, numa das laterais do pavilhão, cortado uma das grades e conseguido, dessa forma, entrar para o interior. Já no interior, terão quebrado a fechadura do armazém onde subtraíram todas as bebidas espirituosas que ali se encontravam guardadas. O dirigente explicou, ainda, que a coletividade não tem por hábito ter disponível stock de bebidas, no entanto, o espaço entre a última festa realizada e a próxima a realizar (o Carnaval) decorre tão pouco tempo que não justificava entregar esse material.

Para o Presidente da ARCAS, o grupo que perpetrou este assalto “sabia o que estava a fazer”, afirmando mesmo acreditar que não se tratará de uma pessoa sozinha a fazer este trabalho.

A GNR, que foi chamada ao local, toma agora conta da ocorrência.

 

Escute, aqui, as declarações do Presidente da ARCAS:

 

IMG: Reprodução Facebook ARCAS (Ilustrativa).


Faixa Atual

Título

Artista