Ambiente: Ecolezíria tem mais 3500 compostores para distribuir pela população

Escrito por em 9 de Julho, 2024

IMG: Reprodução site Ecolezíria.

A Ecolezíria, empresa intermunicipal da Lezíria do Tejo para o tratamento de resíduos urbanos, já distribuiu cerca de 4000 compostores domésticos de forma gratuita, ao abrigo da campanha “Adote um Compostor” lançada em abrir de 2021. Agora, pretende distribuir mais 3500 compostores pelos munícipes que disponham de espaço exterior em casa, em solo com terra, quintal ou horta, numa iniciativa cofinanciada pelo Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência dos Recursos (POSEUR).

As inscrições são formalizadas no site da Ecolezíria, em www.ecoleziria.pt, através de formulário próprio, nas juntas de freguesia e na Câmara Municipal. Cada compostor tem 310 litros de capacidade para transformar restos de alimentos e resíduos de espaços exteriores num produto orgânico rico em nutrientes para adubar a terra. Contas feitas, cada família que adote um compostor e o utilize regularmente está apta a produzir até cerca de 70 quilos de composto por ano.

Pelo reaproveitamento dos resíduos orgânicos produzidos, transformando-os em fertilizantes naturais, ressaltam as vantagens da compostagem, sendo que mais de 3500 famílias já adotaram compostores com resultados que se revelaram muito positivos. Em janeiro de 2023, a Ecolezíria realizou um inquérito junto dos munícipes que se inscreveram na campanha e que já adquiriram gratuitamente o compostor doméstico, tendo recebido 867 respostas. Dos inquiridos, 96,7% responderam estar a utilizar o compostor diariamente, a grande maioria dos quais admite colocar cerca de 260 litros de matéria orgânica por ano no compostor para transformação, e mais de 60% já obteve composto. A maioria dos utilizadores mostra-se bastante satisfeita, admitindo utilizar o fertilizante natural para adubar as plantas dos jardins e a horta doméstica, contribuindo de igual forma para a redução do desperdício e para dar uma nova vida aos resíduos orgânicos.

Paralelamente ao projeto de compostagem doméstica, a Ecolezíria reúne esforços para a promoção de uma segunda campanha que pretende auxiliar a população na separação e deposição correta de resíduos diferenciados nos seis municípios da sua área de abrangência. “A Rua é a Casa de Todos” é o nome da iniciativa que compreende a atuação concretizada pela Ecolezíria nos últimos anos e que inclui a sensibilização das comunidades para a correta separação de embalagens de plástico, metal, vidro, papel e cartão. O depósito de objetos considerados “monos e monstros”, a diferenciação entre resíduos orgânicos e indiferenciados e a desmistificação de alguns mitos associados à reciclagem são tópicos complementares da estratégia global. A campanha é lançada numa altura em que a recolha seletiva de resíduos de embalagens da Ecolezíria registou um aumento de 7,23% comparativamente ao ano anterior, e no qual foram encaminhadas mais de 4115 toneladas de resíduos de embalagens de fluxos de papel, plástico e vidro.


Faixa Atual

Título

Artista